Whatsapp

Blog

As consequências do excesso de velocidade

Blog

As consequências do excesso de velocidade

20 de Setembro de 2021

Saiba como o excesso de velocidade pode prejudicar sua empresa pela segurança de seus condutores e a ocorrência de multas e outros prejuízos .

Além de ser responsável pela maioria dos acidentes, o excesso de velocidade também lidera o ranking de multas no Brasil.

Infelizmente, em rodovias e vias urbanas do país, é muito comum encontrar motoristas que dirigem sem cautela, abusando dos limites e colocando vidas em risco — tanto a sua quanto a de outras pessoas.

No entanto, quando o excesso de velocidade é encontrado em um integrante da sua frota, a situação também passa a envolver o nome da empresa, o que pode acarretar em diversas consequências e custos, além de pôr em risco a segurança dos veículos e dos condutores.

Pensando nisso, decidimos produzir este artigo para promover a importância de conscientizar os motoristas sobre a questão do excesso de velocidade, bem como identificar as possíveis causas desse comportamento e a melhor maneira de solucioná-lo.
 

Excesso de velocidade: possíveis causas
Quais são as multas e outros prejuízos por excesso de velocidade?
Como a tecnologia ajuda a monitorar a velocidade da frota
Tecnologia e redução dos custos originados pelo excesso de velocidade

Excesso de velocidade: possíveis causas

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), dirigir em alta velocidade é o principal responsável por uma a cada três mortes por acidentes de trânsito no cenário mundial.
 


Nesse ritmo, aproximadamente 1,25 milhão de indivíduos morrem todo ano, por conta da imprudência no trânsito.


Esse número elevado é consequência do excesso de velocidade potencializar qualquer deslize que o motorista comete enquanto dirige.

Sendo assim, como gestor, é essencial identificar quais podem ser as possíveis causas que fazem com que os motoristas exagerem na velocidade e promover iniciativas para reduzir tais catalisadores.
 

Leia mais: Respeito e responsabilidade: você está praticando no trânsito?


Por exemplo, é possível afirmar que são causas para que o motorista dirija com excesso de velocidade:
 

Depois de identificar as causas do problema, é preciso tomar medidas para desencorajar tais comportamentos.

Procurar sempre trabalhar com motoristas cientes de sua responsabilidade, promover uma cultura de segurança no trânsito, disponibilizar ferramentas de controle e estar preocupado com a segurança de seus condutores são ações que podem contribuir para o sucesso na gestão de frotas. 

Quais são as multas e outros prejuízos por excesso de velocidade?

Além de todo perigo para o trânsito, o excesso de velocidade ainda pode resultar em multas, de natureza média a gravíssima, dependendo do tipo ou quantidade de excesso.

Esses são alguns exemplos de multas por ultrapassar a velocidade permitida:
 

Além das despesas financeiras, muitos pontos da CNH podem suspender o motorista, o que deixa a frota com um integrante a menos, além de, em alguns casos, haver a possibilidade de apreensão de veículos.

Tais situações impactam diretamente nos resultados da frota e podem prejudicar a imagem da empresa para clientes e parceiros.
 

Não somente isso, o excesso de velocidade também diminui a vida útil do automóvel e de seus componentes:
 

Tanto as peças quanto o combustível têm alto custo, e a manutenção do veículo gera ainda mais gastos à empresa. Por isso, o rastreamento ou  telemetria de veículos em movimento são essenciais para uma gestão de frotas eficiente.

Como a tecnologia ajuda a analisar a velocidade da frota

O principal passo para evitar o excesso de velocidade é conhecer os limites de cada via, além de colaborar para melhorar a conduta na direção.

Geralmente, a velocidade máxima permitida é indicada pela sinalização. Entretanto, se a via não possuir as placas adequadas, é interessante conhecer algumas regras estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB):
 

Por conta dessa variação, é importante usar ferramentas que revelam qual é a velocidade máxima permitida na via e que informem ao gestor de frotas se seus condutores estão excedendo essa velocidade.

Dessa maneira, é essencial contar com as funcionalidades de um sistema de telemetria que permita monitorar a velocidade por trecho, já que muitas vezes, ela  é alterada durante o trajeto. Um exemplo disso seria o Velocidade por Via da Golsat que classifica os excessos de velocidade em vias urbanas e rodovias.

Esse serviço ainda informa aos gestores se os condutores passaram da velocidade permitida pelos órgãos de fiscalização urbana e rodoviária em tempos reais. Além é claro de gerar relatórios por filtros como datas, grupo de vendas, limite de velocidade, gravidade da infração, etc. O que permite uma análise mais profunda pela gestão.
 

Por meio dessa tecnologia, é possível identificar quem dirige acima da velocidade permitida, onde acontece a maior parte das infrações e as ocorrências no trânsito em tempo real.

Além disso, com a tecnologia certa para frotas leves, o gestor consegue saber qual é a velocidade, a frenagem ou a aceleração brusca, o gasto de combustível e o status de ignição.

Tecnologia e redução dos custos originados pelo excesso de velocidade

Um bom sistema de telemetria é capaz de gerar relatórios com indicadores de desempenho, tanto dos veículos, quanto dos condutores.

O gestor precisa saber analisar e interpretar esses dados para extrair os melhores resultados de seus motoristas.

Com a ajuda desses dados, é possível estabelecer algumas normas que impedem que o excesso de velocidade se torne um hábito frequente entre os membros da equipe. 

Assim, o gestor e o motorista conseguirão trabalhar em acordo, pois ambas as partes estão cientes de que há o registro de todos os dados, o que inclui data do ocorrido e o local. Vale lembrar que essas regras também devem estar alinhadas com a política de frotas.

Como consequência, essa harmonia evita os abusos de velocidade, o que promove um trânsito mais seguro para todos.

Outra funcionalidade que um sistema de gestão de frotas pode oferecer é a notificação automática em alguns casos específicos.

Por exemplo, o responsável pela frota será notificado em casos de excesso de velocidade de forma direta e em tempo real. Assim, ele poderá analisar o padrão de comportamento de cada condutor.

Com controle total sobre as operações em execução no momento permite uma melhor gestão de dados e do comportamento real. O que também possibilita atuar por meio da Cultura de Segurança que inclui capacitações, treinamentos, regras, punições e recompensas. 

Outra ferramenta que a tecnologia possibilita para a gestão de frotas é a determinação de regras para a execução das operações e quais comportamentos serão considerados como infrações.

Caso o acordo seja desrespeitado, o gestor é notificado imediatamente pelo sistema. É possível estabelecer regras específicas para cada operação, e considerar sua natureza como prioridade ou prazo, por exemplo.

Desse modo, o responsável pelo controle da frota tem uma visão geral do comportamento de cada condutor, ao verificar se os acordos estão sendo respeitados.

Com o planejamento certo e a análise adequada, as operações serão executadas com menos incidência de problemas consequentes pelo excesso de velocidade.

Quer saber mais sobre como você pode acompanhar a trajetória de seus condutores, bem como a velocidade, e a segurança deles? 

Então acesse nosso material gratuito sobre a telemetria na gestão de frotas e entenda tudo sobre esse método eficiente, que permite até controlar a velocidade por via em seus veículos: