Conteúdo

12/12/2019

As empresas vão aumentar suas frotas em até 20% em 2020, mas não por meio da compra de veículos; 50,6% pretendem aderir a terceirização, segundo pesquisa feita pelo Observatório de Veículos de Empresas (OVE).

Na Europa, a frota terceirizada faz parte da realidade há décadas e em países como a Holanda, praticamente 100% da frota corporativa é terceirizada. E foi no continente europeu que surgiu a especialista em leasing operacional LeasePlan, líder global no segmento.

A LeasePlan sabe que a terceirização de frotas contribui em vários aspectos com as pequenas, médias e as grandes empresas. “Carro parado na garagem é um custo”, explica o superintendente comercial Cleber Kouyomdjian. Empresas que adotam o leasing operacional podem reduzir em até 30% os seus gastos, como por exemplo, com o benefício de PIS/CONFINS, otimização dos custos fixos e da manutenção preventiva.

O mercado vive períodos de instabilidade, e a economia com a frota é imprescindível já que “o acesso ao capital é difícil em momentos de crise”, como pontua Cleber.

Terceirização de Frotas

Foi enfrentando a crise de 2016 que a Cargill percebeu que algo tinha que mudar. A empresa de agrobusiness existe há mais de 50 anos no Brasil e após um estudo de mais de 6 meses do perfil da empresa, da frota e suas necessidades, o gerente de facilities, Edrei Carrenho, enxergou que a Cargill precisava não só da terceirização de frotas, mas também do leasing operacional. “Fomos obrigados a enxergar o mercado com outros olhos, e entender que a terceirização era uma oportunidade de focar na empresa”, comenta Carrenho.

Há dois anos como cliente da LeasePlan, a Cargill tem uma frota que atende as necessidades das 26 filiais espalhadas pelo Brasil. “Nossos veículos precisam chegar até a produção, onde está o produtor” conta o gerente de facilities.

E essa demanda é levada em consideração no processo da contratação, onde são feitas “negociações específicas de acordo com as necessidades de cada empresa”, explica Cleber. E foi na fase de negociações, na visita técnica, que o profissionalismo da LeasePlan fez total diferença. “Neste momento conhecemos todo o fluxo da empresa, como a frota é gerenciada, comprada e documentada.

Essa transparência foi decisiva para assinarmos com a LeasePlan!”, afirma Carrenho. Toda a assistência que a empresa de leasing oferece é personalizada, com profissionais especializados. Isto permite que o foco maior seja o core business da empresa e que a redução de custos da modalidade seja reinvestida na própria empresa.

As manutenções em dia também são essenciais para a segurança dos condutores, que é prioridade tanto na Cargill quanto na LeasePlan. “Não dá para aceitar 10% de acidentes, o foco deve ser 0%” reforça Cleber Kouyomdjian.

Outra forma que a empresa contribui para a segurança dos colaboradores de seus clientes é por meio do programa Condução Preventiva. São diversas dicas personalizadas para o condutor em forma de vídeo, posts nas redes sociais, ações e e-mails que estão sendo implementados.

Para traçar o funcionamento da frota, o investimento da LeasePlan é em tecnologia. A telemetria, por exemplo, é uma grande aliada das empresas, já que o sistema oferece informações como o tempo que o condutor está sem fazer paradas, velocidade do veículo e até pode identificar quem o está conduzindo.

Esses dados ajudam o gestor de frota na tomada de decisões, além de contribuir para que um bom condutor seja reconhecido pelo seu desempenho ao volante. O próximo passo que a Cargill pretende dar é justamente, implantar a telemetria, para conseguir otimizar suas operações. “A mudança é gradativa e a meta é sempre buscar o melhor”, conclui Edrei Carrenho.

Sua frota é própria ou locada? Conta nos comentários!

Por: Mariana Lo Turco, jornalista, para a PARAR Review

Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *