Conteúdo

11/12/2015
Quando falamos em Telemetria, ainda há muitas dúvidas em relação aos serviços oferecidos pelos fornecedores, especialmente pela variação de termos utilizados para definir a atividade. Por isso, separamos 3 esclarecimentos sobre o assunto que certamente irão ajudá-lo a entender melhor o tema:  

Rastreamento x Telemetria 

Uma grande dúvida está na diferença entre o termo Rastreamento e o termo Telemetria. Essa diferenciação foi definida pelo próprio mercado, se convencionou dizer que Rastreamento é um serviço sem muitas possibilidades de gestão, com foco somente na recuperação de veículos, e que Telemetria é um serviço mais completo, que possibilita relatórios sobre o comportamento do veículo e do condutor. Mas a verdade é que não existe essa diferença dos termos, rastreamento e telemetria são serviços semelhantes. A preocupação do gestor de frotas deve ser em identificar o foco de atuação do fornecedor, pois há empresas que trabalham na perspectiva do rastreamento focado na recuperação do veículo, e outras que trabalham com foco na gestão dos condutores, redução de custo, aumento do desempenho dos veículos, como é o caso da GolSat.  

Telemetria a favor da profissionalização do gestor de frotas

Frota costuma ser o segundo maior custo dentro das empresas, perdendo apenas para folha de pagamento de colaboradores. Por isso, é muito importante enxergar o papel estratégico do gestor de frotas dentro das corporações. E a telemetria surge como uma aliada, e é a ferramenta ideal para apoiar esse profissional. É ela que vai gerar as informações precisas para tomada de decisões. É impossível gerenciar aquilo que não se pode medir. O gestor que não tem estratégia limita-se a reagir diante do que o cenário externo apresenta. Como ele não planeja e não prevê possíveis oportunidades e problemas, torna-se um simples “apagador de incêndios”, um gestor focado apenas nas atividades operacionais e dificuldades que aparecem no dia-a-dia. Quanto mais o gestor de frotas se especializar e conhecer as áreas correlatas, como RH, Suprimentos, Segurança do Trabalho, Jurídica, entre outras, mais ele vai desempenhar seu papel na gestão da empresa. Quanto mais conhecimento tiver, mais estratégico ele será.  

Lutando contra as objeções

O processo de implantação da telemetria em toda frota precisa essencialmente contar com o envolvimento das demais diretorias da companhia, como por exemplo o setor Financeiro, Compras e Segurança do Trabalho. Conseguir mostrar o lado importante da telemetria na gestão de custos da frota, sem perder a essência de que a segurança é o início de qualquer projeto que prevê redução financeira, é papel do gestor de frotas que atua de forma estratégica. Por isso, conhecer a linha de atuação dos demais departamentos envolvidos com a frota é tão importante. Escolher um fornecedor que possa atuar com consultoria também se torna essencial no processo.   A GolSat conta com um time especialista em gestão de frotas, aptos para atuar como consultores antes, durante e após a implantação da telemetria. Quer saber mais? Acesse o nosso site e entre em contato.  

Deixe seu comentário