Blog

Uma nova solução para rastreamento de frotas

Blog

Uma nova solução para rastreamento de frotas

07 de Dezembro de 2020

Desenvolvida pela GolSat, GolFleet Rastreamento tem custo acessível e proporciona alto nível de gestão de frotas e performance para empresas frotistas

De olho na lacuna entre telemetria avançada e o rastreamento básico disponível no mercado, a GolSat desenvolveu uma solução que promete ser a porta de entrada para os gestores de frotas leves de pequenas e médias empresas. Trata-se do GolFleet Rastreamento, um produto mais simples quando comparado à telemetria avançada, porém eficiente e mais acessível. 

“Nosso setor de Pesquisa e Desenvolvimento, que conta com dezenas de engenheiros e desenvolvedores de software trabalhando no aperfeiçoamento e evolução das soluções, constatou que, por haver diversos níveis de gestão de frota nas empresas, além da telemetria avançada oferecida pela GolSat, também existia uma parcela de gestores que buscava uma solução mais simples e com ótima relação custo-benefício”, explica Sérgio Jábali, diretor de tecnologia da GolSat.

Após diversos testes em laboratório e rodando milhares de quilômetros desde o início de 2020, o GolFleet Rastreamento está pronto e disponível para comercialização. Voltado para empresas que querem sair do nível operacional rumo ao nível estratégico, o produto permite gestão de performance e gestão de risco das frotas. 

“Batizamos como ‘rastreamento’, mas ao conhecer o produto os gestores de frota irão notar que ele não é um rastreamento tradicional, vazio de recursos e que muitas empresas acabam oferecendo de forma imprópria como sendo ‘telemetria’. O GolFleet Rastreamento é um rastreamento com cara de telemetria, uma vez que conta com várias ferramentas que auxiliam na gestão”, reforça Jábali.

Sobre rastreamento e telemetria em frotas

O rastreamento está ligado ao rastro e hodômetro dos veículos, que são determinados para cada viagem do ponto A ao ponto B. Costuma ser utilizado para gestão de produtividade e gestão de risco (security) e não há vinculação com o condutor – exceto em frotas “1 para 1”, em que cada condutor possui um veículo fixo. 

Já a telemetria, além de trazer todos os recursos do rastreamento, revela também o comportamento do condutor em termos de acelerações, freadas bruscas, curvas inadequadas, rotação do motor e velocidade máxima na chuva, por exemplo. A telemetria também pode ser aplicada a veículos compartilhados, porque possui recurso de identificação de condutor. 

Importante ressaltar que os rastreadores utilizados para telemetria e rastreamento, embora diferentes, são mais avançados que aqueles usados exclusivamente para localização, os mais comuns no mercado, cuja aplicação se limita apenas à recuperação de veículos sinistrados (furtos, roubos e apropriação indébita).  


Fonte: por Beatriz Pozzobon para PARAR Review